7.1.07

Difícil preencher as linhas
Os textos ficam raros
Não sei o que dizer

O coração e a alma vazios
A mente cheia de frases soltas
Eu deveria saber

Sem um assunto preciso
Para não entregar este blog ao abandono
Digito algo de improviso

Um comentário:

Bibs disse...

Nada de entregar o blog...
Adoro seus poemas e textos ...

Ate tenho salvo alguns ...=P

Bjoo