3.6.07

Sobre homens e pássaros

Há uma prática comum de discussão usando metáforas. Você usa uma metáfora pra explicar seus argumentos e logo a conversa não é mais sobre o que era antes, e sim sobre a metáfora. Vira uma discussão tensa sobre animais, cores, frutas e outras formas lúdicas que nem sempre guardam alguma relação com o assunto inicial. Menos ainda quando a conversa metafórica começa impulsionada por um ditado. É hora de um grande exercício de imaginação. O caso é mais grave ainda quando tudo se desenvolve sozinho na sua cabeça, sem a necessidade de usar um ditado-metáfora para distorcer o assunto.
Então me encontrei nessa situação dia desses, pensando que vale mais um pássaro na mão do que dois, ou três, ou quantos forem, voando. Acontece que eu não sei como pegar um pássaro na mão, nunca fiz isso antes. Fico me perguntando se, no que eu me movimentar para pegá-lo, ele pode fugir. Ou, se eu perder tempo tentando pegar um pássaro que quer ficar solto, outro que pousaria no meu ombro pode ir embora também.
Não tem muitos deles aqui por perto. A maioria passa, eu observo e só. Alguns são recorrentes e observo com mais atenção, penso que podem pousar por perto, alguns até piam um pouquinho, mas logo vão. Alguns demoram mais tempo à minha volta... Penso que terei na mão, mas depois desaparecem. Tem pássaro que circula sempre, pia bastante para chamar a atenção, mas está voando longe, não tem como alcançar. Tem pássaro que voa alto e cantando, nem me vê. Tem aquele que está mais perto, mas não sei como pegar. Ou se eu quero pegar.
Olho para todos, penduro um bebedourinho na janela e espero. Quem sabe logo chega um, voando, claro.

2 comentários:

Anônimo disse...

hahaha
muito legal isso! parece um pouco The OC.. não sei se já aconteceu, mas eu fico imaginando um diálogo do Seth (sempre ele) com alguem e ele faz uma metafora(americanos adoram isso né? "O mundo é uma bola de baseball") e a conversa passa a ser sobre a metafora..

acho que eu também uso ditados pra exemplificar coisas que eu penso e faço uma relação entre o ditado ao pé da letra e a real situação.
mas fica só na minha cabeça, e eu nunca tinha percebido isso. é tão difícil perceber as coisas que vc pensa e ainda passar pro papel(ou pra tela).

termina logo esse banho!

Bibs disse...

Mto legal !
Realmente, nunca tinha parado para analisar isso da metafora e ela é oq mais usamos para exemplificar nossos argumentos...